[PC] A Folha Navalha: V'Neff Qwai Gon Ji

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[PC] A Folha Navalha: V'Neff Qwai Gon Ji

Mensagem por 25Slash7 em Ter Jun 01 2010, 20:15

Nome: V'Neff Qwai Gon Ji

Título/Apelido: Folha Navalha

Rank/Função Militar: Chozei/ Médico de campo.

Motivação: Criar uma nova vida em Lookshy.

Intimacies:
+ Guerra (Mal necessário)
+ Medicina (Bem, eu tinha que servir pra algo.)
+ Lookshy (Acabei gostando)
+ Lutar (A verdadeira arte)
+ Vida (Primeiro lugar (quase) sempre)

Casta:

Anima: Pequenas luzes piscam a seu redor como milhares de vagalumes. Conforme vai queimando essência, as luzes se estabilizam, formando fachos de energia em formato de folhas que giram em volta do eixo de seu corpo em várias direções e ângulos, como cardumes de peixes. Suas tranças negras se movem sozinhas como cobras enquanto seus olhos ganham um forte brilho opaco, lembrando jade.

Equipamentos Possuídos: -

Equipamentos carregados: Sempre com utensílios médicos para primeiros socorros, afinal, em uma nação militar, SEMPRE precisarão de ajuda, principalmente quem não é exaltado.


Peculiaridades: É quase sempre visto perambulando nas florestas próximas aos portões de Lookshy, seja sozinho ou com seus subordinados, em busca de ingredientes para seus remédios.

Familiares: A casa V'Neff, a qual não tem contato desde que passou a viver em Lookshy

Mestre/Tutor: Olho da mente, o "soldado louco". Dragon Blooded outcasted que dominou as artes supremas ensinadas por Chaowin Registrophe pessoalmente. Famoso por seus hábitos excêntricos, por suas palavras sem nexo levadas a sério apenas por seu aluno... e por ter abandonado a sétima legião sem motivo aparente décadas atrás e adotado uma vida simples nos vilarejos de Lookshy.

Inimigos/Rivais: - Nenhum.

Personalidade: Dono de uma constante calma e serenidade, uma expressão simpática e sorridente quase o tempo inteiro, seu carisma facilmente despertou a simpatia dos residentes aos arredores do vilarejo onde vive. Já há algum tempo vivendo em lookshy, ninguém se lembra de já tê-lo visto alguma vez perder a calma. Personalidade que dificilmente combinaria com um militar, embora saibam que é um espadachim em treinamento e faz parte da sétima legião. Fascinado por lutas, é sempre disposto a aceitar duelos amistosos, costume amplamente comum na ferrenha rivalidade entre os três dojos do Evenblade.

Falha de Caráter/Tragédia/Loucura/Fraqueza: Bastou apenas um pouco de conhecimento a respeito da verdade por trás dos anathemas para que ganhasse obsessão por alcançar tanto poder quanto eles. É um estudante ferrenho de qualquer coisa que fale mais a respeito deles e quanto mais conhece, mais busca. Costume que, por motivos óbvios, guarda a sete chaves.

Mote: "Há mais coisas por trás disso e eles nos escondem? Que bom, a vida como eles pregam é um tédio, mesmo..."

Descrição dos equipamentos:
- Flame Piece: Arma que dispara fogo, alimentada com Firedust

- A armadura e a Reaper Dayklave de Jade verde que acredita ter pertencido ao inusitado Vingador de Jade: guerreiro citado em alguns registros históricos da segunda era como justiceiro errante protetor dos inocentes, cuja verdadeira identidade nunca se soube. Alimentada com essência, exibe Kanjis brilhantes por toda sua extensão. Descomitada, parece uma estátua comum.

HISTÓRIA:

"Uma explosão havia sido vista nas matas próximas a nosso lar. Nossa destacação, que havia sido designada para investigar, encontrou apenas uma clareira formada por mato queimado e árvores destruidas. A marca do uso de essência estava por toda parte. Pelo chão, o corpo de homens, cavalos e escombros do que parecia ter sido uma caravana tinha símbolos dos odiosos imperiais por toda parte. Mas entre eles havia um sobrevivente a beira da morte: Trajava um equipamento bélico de ótima qualidade e sua aparência trazia nítidas marcas de sua pureza de sangue, com certeza não era um soldado qualquer. Mas... ele acordou sem lembrar de nada. Nos foi dada a ordem de fazer visitas regulares ao estranho e assim vigiá-lo. Notamos que rapidamente ganhou a simpatia dos residentes... mas nenhuma delas foi tão peculiar quanto a de Olho da Mente. Apesar da desonra acompanhá-lo, de oficial a fazendeiro louco, Olho da Mente, pelo visto, nunca esqueceu suas habilidades. Apontou o rapaz como o vingador de jade e se dispos a treiná-lo, após anos sem nem mesmo pegar em uma arma. Após uma pesquisa em nossas bibliotecas, foi fácil descobrir que se tratava de um homem que fez justiça com as próprias mãos eras passadas. Uma figura popular entre os espadachins Evenblade. Aos poucos, o rapaz foi descobrindo impressionante afinidade em curas e tratamentos medicinais e relembrou de suas habilidades com a Flame piece com a qual foi encontrado. Nos foi dada a ordem de recrutá-lo para a legião. Ele o fez a contra-gosto, mas sabe que suas habilidades são de grande ajuda. Mas ainda acho que há algo estranho com ele. Sugeriria a Chuzei-Sama permissão para vigiá-lo por mais tempo, mas há coisas mais importantes a serem feitas. De qualquer forma, bem... ele tornou-se parte de Lookshy."

[1 ano depois.]

Impressionante eram aqueles olhos, o que me impressiona também, de fato.
- Vejam...
Sentados em seiza, todos a meu redor, meus homens os afastam enquanto eu abro minhas mãos e fecho meus olhos. Eles sabem que o Anima pode machucá-los.
- Pronto?
Serena minha voz sai enquanto o restante se organiza, não tão impressionados com o que farei, mas esperançosos. Olhe pra baixo.
- Pronto.
Uma cama de palha com um cobertor branco, uma criança suada com uma toalha molhada na testa, ela cospe sangue em pesados pigarros, com estes olhos arrozeados cobertos de olheiras. Posso sentir o que sentes, menina, em teu corpinho resta pouco tempo de vida. Vida que sinto esvair nestes dedos que agora brilham. Vejamos o que posso fazer.
[Disease Banashing Technique]
Minhas mãos se levantam e do brilho que nelas floresce toma a forma de grossas folhas de eucalipto. Dançam em círculos que se enrolam em uma bela sincronia, como cardumes de peixes. A pequena cabana ganha um forte brilho esverdeado que aos poucos se propaga, pintando aqueles rostos boquiabertos e apreensivos. Forte impacto, alguns objetos caem. Cabelos voam, papéis são jogados para trás. Até tudo apagar-se em um branco clarão.
- Mamãe...?
A criança se levanta, revigorada. Corre até os braços de uma mulher em prantos. Os outros balançam a cabeça em positivo, enquanto um de meus homem acena com a cabeça. Um leve sorriso, me levanto ofegante, colocando o Hakama e caminhando para fora. Vida esta que no império nunca teria. Vida esta que quero manter. Nem que seja sob o fio de uma Dayklave.
- Heh...
Sou um desgraçado mentiroso, esta é a verdade. Nunca perdi memória alguma, lembro-me bem de ver os membros de meu círculo iniciante sendo massacrados facilmente pelo Anáthema que caçávamos. Aquele poder... o poder de um Anáthema. Eu quero alcançar aquele poder e no império eu nunca teria como. Nestas matas, assim como em montanhas geladas, um deserto escaldante e no fundo do mar, há o conhecimento a ser descoberto. Nada melhor, não? Pro inferno com a casa V'Neff, com o inferno com suas mentiras, aqui é onde minha vida recomeça. De mentira... e de verdade.
Bem, dêem as boas vindas a Folha Navalha.
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum