A Cidade Demônio (Localidades)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Cidade Demônio (Localidades)

Mensagem por O Zelador em Dom Fev 07 2010, 15:40

A estética de Malfeas vem de quadras de pedra negra e latão, decorada com ocasionais visões de louca beleza e horror. Os rios são preenchidos com ácido ou poeira, o céu queima com a incansável luz verde e todos os lugares são preenchidos por coisas que destroem os mortais. E muito disto é porque os Yozis assim desejam. Eles não podem libertar a si mesmo, então eles moldaram sua prisão aos seus próprios desejos alienigênas e criaram demônios que são similares a sua "casa. Esses demônios criaram outros demônios que servem estes acima. É verdade que alguns mortais escravos e outros indivíduos únicos vieram para Malfeas, mas a cidade não é para eles e não foi contruída com eles em mente. Malfeas existe para os Yozis e seus demônios.


avatar
O Zelador
Administrador
Administrador

Zodíaco : Áries

Mensagens : 189
Data de inscrição : 05/07/2009
Idade : 27

http://aboveandbeyond.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cidade Demônio (Localidades)

Mensagem por O Zelador em Sab Fev 20 2010, 14:00

As políticas do Inferno:

- O maior governa o menor. O menor obedece.
Cada demônio com poder significante pode clamar uma área como seu feudo. Muitos demônios de Segundo Círculo clamam seções do reino demoníaco como seus e governam como quiser. Assim, Malfeas tem centenas de feudos.

- Apenas os Acólitos de Cecelyne dizem a vontade dos Yozis.
Os sacerdotes de Cecelyne não clamam qualquer território. Ao invés disso, eles clamam um templo em cada feudo. Recusar tal pedido é arriscar perder a própria cidadania.

Os Mandamentos de Cecelyne

-Cada feudo deve conter ao menos um templo.
-Um cidadão retêm a posse de um feudo por até um ano e um dia de ausência.
-O rebanho deve servir, apenas indivíduos são cidadãos do inferno.

Direitos Especiais dos Príncipes Infernais

-Os Escolhidos de Malfeas podem testemunhar uma batalha territorial no lugar dos sacerdotes de Cecelyne, de modo que o vitorioso possa clamar para si o território.

-Os Escolhidos de She Who Lives in Her Name tem a autoridade para murmurar o nome secreto de seu mestre Yozi aos demônios de Primeiro Círculo ou aos Demon Blooded. Enquanto o nome ressoa, eles devem aceitar um lugar na hierarquia definida pelo Príncipe do Sol Esverdeado, cuja duração será de um projeto.

-Os Escolhidos de Cecelyne tem acesso livre a qualquer templo ou cerimônia. Eles podem, caso escolham, comandar a ampulheta azul por 25 horas. Durante este tempo, serão tratados como sacerdotes de Cecelyne.

-Os Escolhidos de Adorjan podem determinar uma completa cessação de barulho, dentro de uma determinada área. Parando toda a música, conversa e sons incidentes. Essa área não pode ser maior do que uma camada de Malfeas e não pode durar mais do que uma hora.

-Os Escolhidos do Dragão de Ébano podem apenas serem punidos pelo próprio Dragão de Ébano.
avatar
O Zelador
Administrador
Administrador

Zodíaco : Áries

Mensagens : 189
Data de inscrição : 05/07/2009
Idade : 27

http://aboveandbeyond.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cidade Demônio (Localidades)

Mensagem por O Zelador em Dom Fev 21 2010, 19:36

Trascendence



Quando os novos Príncipes do Sol Esverdeado chegam em Malfeas, eles são encaminhados para a construção conhecida como Transcendence. Lá, eles permanecem até que estejam prontos para conhecer os Yozis, seus patronos, e reunir-se com os outros 49 Infernais.

Transcendence tem este nome justamente por significar que dali, o Infernal deverá superar a si e ir além de sua estação.

Estruturada como um Quartel, o lugar permanece em um ponto mais afastado do centro de Malfeas, mas sob o Sol Esverdeado, onde as luzes verdes preenchem as janelas de cada aposento, como se mostrasse aos recém exaltados que eles estão sob a vigilância de Ligier e que estão em um momento de provação.

Com uma enorme construção no certo, onde ficam as facilidades, ela é cercada por um extenso campo aberto, onde há algumas outras construções, incluindo os quartos.

A entrada do lugar é guardada por dois enormes leões de Vitriol, acordados e conscientes todos os momentos e impedem a entrada de qualquer demônio de Primeiro Círculo que não tenha sido designado como parte do staff do quartel e demônios de Segundo Círculo que não possuem uma missão específica. Demônios de Terceiro Círculo possuem trânsito livres e alguns deles costumam frequentar o lugar por razões individuais.

Além dos guardiões, outros demônios, de aspecto humanoíde, com as línguas cortadas e portando cimitarras de lâmina negra, fazem a proteção do lugar.



Os quartos ficam postados alinhados em um arco por trás da construção central. São inteiramente brancos, podendo o Infernal decorá-lo como achar melhor. Apesar de haver uma (proposital) falta de privacidade, com os novatos vendo o entra e sai dos quartos de seus companheiros a todo momento, é considerado de extremo mal gosto a invasão de qualquer um dos dormitórios.



A forjaria fica no subterrâneo da construção principal. É nela que são mantidos os armamentos a disposição da Guarda Silenciosa. Há, ainda, material e equipamento necessário para a forjaria de armas, inclusive trabalhos de artesanato que envolvam qualquer dos objetos mágicos, ainda que possua uma diminuta quantidade de igredientes especiais. A forjaria é vigiada por um demônio nomeado de Cryminis. Com o aspecto de um híbrido entre homem e aranha, o demônio de olhar envelhecido tornou-se preguiçoso. Além da vigia, ele deveria ser o responsável pela colheita de igredientes, mas simplesmente não o faz.



Até mesmo os Príncipes do Sol Esverdeado precisam de um momento para relaxar e indulgir seus vícios. A casa de banho apenas aceita a entrada dos Escolhidos, Demônios de Terceiro Círculo e convidados de qualquer destes. O lugar é dividido em 3 alas, onde os Exaltados e seus convidados podem aproveitar de um banho. Conhecido como um lugar de conspirações, mais de uma vítima fora convidada a este lugar para terminar morta antes do final da noite.

O aposento é atendido por diversas Neomahs, a todos os instantes, que servem aos banhistas como estes assim desejarem, inclusive servindo substâncias alucinógenas.



A Biblioteca é um lugar de conhecimento. Aberto para todos os residentes, há livros criados na Criação e livros criados em Malfeas, cujos autores são demônios eruditos. Há, inclusive, alguns poucos e raríssimos livros que lidam do mundo dos mortos. O bibliotecário é um demônio de 2º círculo conhecido como A Serpente do Conhecimento. Ele sabe a posição de cada um dos livros e muitos dizem, inclusive, que ele decorou a todos. Ele se recusa a dizer o nome de qualquer livro que aquele que o procura não saiba, mas irá recitar as palavras de qualquer um destes. Suas palavras, contudo, são tomadas pelo próprio veneno de sua alma.
avatar
O Zelador
Administrador
Administrador

Zodíaco : Áries

Mensagens : 189
Data de inscrição : 05/07/2009
Idade : 27

http://aboveandbeyond.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cidade Demônio (Localidades)

Mensagem por O Zelador em Sex Mar 05 2010, 07:48



Aposentos de Haifisch

Haifisch ainda permanecia sentada, fumando o que lhe fora entregue por um de seus subordinados. Suas feições olhavam com curiosidade e divertimento para aquelas paredes brancas e,de certa forma, belas. Ela sabia que seria avaliada de acordo com o que fizesse naquela tela de pintura que fora dada a ela. Mas ela não estava preocupada, já que tinha ideia do que seria esperado dela. Ela levantou-se e caminhou um pouco, cruzando os braços diante da imensa janela que havia em seu quarto. Ela andou um pouco, pensando que alí ficaria sua mesa de estudos. Ela riu um pouco, colocando uma de suas mãos na cintura, tragando levemente e de olhos fechados, seu cigarro.

- Nada mal...Pra quem vive no..Inferno.

Iluminada pela luz fraca e esverdeada do Sol Ligier, Haifisch olhou de relance para o criado que estava atrás dela, esperando mais um de seus caprichos. Seu olhar semi-aberto já dizia tudo, enquanto ela o olhava por cima de seus ombros delicados. Ele fez uma reverência e deu alguns passos, sem dar as costas a ela, saindo da sala.

Em poucos minutos, seu quarto já estava sendo arrumado de acordo com seu gosto: as luminárias não eram penduradas ou presas em paredes e tetos, mas sim, livres, e ficavam flutuando em toda a sala de leitura.

Uma delas era menor, que, sempre que Haifisch a olhava, ela flutuava até onde a mulher estava, dando-lhe a luz necessária para suas atividades.

Sua escrivaninha era feita de algum material que lembrava magno, grande e longa, com as pernas em ondas. Porém, a aparente madeira parecia brilhar em um tom esverdeado, de acordo com a Luz da alma de Malfeas. à noite, a escrivaninha ficava negra como o céu sem luz da cidade demoníaca.

Suas estantes, que estava começando a serem colocadas, iam até o teto, cobertas de livros de todas as partes da Criação e alguns da própria Malfeas, prometidos a mulher por seus contatos. No resto do salão, objetos eram espalhados: globos, uma mesa com seu material para pesquisas e experiências, todos organizados. Seu sofá e mais uma cadeira de descanso, para leitura. O teto era negro e os corpos celestes dançavam, de acordo com sua movimentação no céu.
avatar
O Zelador
Administrador
Administrador

Zodíaco : Áries

Mensagens : 189
Data de inscrição : 05/07/2009
Idade : 27

http://aboveandbeyond.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cidade Demônio (Localidades)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum