Hello darkness, my new friend. (Introdução)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hello darkness, my new friend. (Introdução)

Mensagem por Rosenrot em Ter Nov 06 2012, 20:44


"No one is free, even the birds are chained to the sky." - Bob Dylan.


É New York. A cidade que nunca dorme, que nunca descansa, há sempre um lugar novo para se ver, para ir. Prédios onde os olhos não alcançam mais. Muitas pessoas, muitos números.

E você é um desses números. Sua vida se passa num escritório, ou talvez num hospital. Em casa, na escola, na faculdade, na livraria. Não importa. Você levanta às 6hs, ou mais cedo, toma café e vai para sua vida, ou aquilo que você acha que é a vida.

Compra o jornal e lê essas histórias que aguçam a curiosidade, mas apenas ficam nisso, depois desaparecem.

Uma menina chamada Ísis desapareceu uns anos atrás. Sua mãe, uma mulher deprimida com a morte do marido jura que Ísis fugiu. Havia muitos desenhos feitos por Ísis nas paredes do seu quarto. Muitos deles de cunho... Estranho, sombrio, talvez até mesmo perturbador. A janela estava aberta, havia sangue ali, mas não era o sangue de Ísis.

Ísis nunca mais voltou.


Ninguém se preocupa. Ninguém quase nunca vê... Quase.

Jane viu.

Jane nunca mais foi a mesma, havia sido internada num sanatório, porque falava sandices e coisas absurdas. Jane tinha medo do escuro e não dormia sem uma lanterna ou uma luz acessa. Jane se enforcou com a própria blusa.

Mas nem todos são como Jane, ou como Ísis.

Alguns são como vocês. Não sabem de nada.

Alguns sabem, mas ignoram.

Mas alguns....


Alguns sobrevivem....


Alguns fazem a vigília para que você volte para casa.

Ainda vou adicionar mais algumas coisas, durante a semana, mas acho que já dá pra ter uma ideia mais ou menos do que vai ser... Qualquer dúvida, me chamem no msn ou e-mail.

Rosenrot
Usuário
Usuário

Mensagens : 214
Data de inscrição : 06/07/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hello darkness, my new friend. (Introdução)

Mensagem por Rosenrot em Qui Nov 08 2012, 22:20

É o ano de 2012, Sandy acabou de desorganizar boa parte da rotina dos moradores do lugar, noticias surgem por toda a parte, mas agora as coisas estão tentando voltar ao normal. Ainda há árvores espalhadas pelas ruas, algumas pessoas sem luz ou gás, e o transporte publico ainda sofre algumas poucas obstruções. Não havia muito o que se fazer, a respeito disso, escotava-se comida e água e aguardava a tempestade passar, bons para uns, que resolviam organizar os papéis, a vida e aproveitar para descansar, não tão bons para outros.

Mas antes de Sandy, outra noticia havia tomado os jornais locais e a TV, sobre Emily, uma jovem menina de nove anos que desaparecera de sua casa na manhã do Halloween, fotos da menina se espalhavam por postes e lojas de conveniência pedindo informações para três números de telefones diferentes. Emily, segundo a mãe, brincava com os amigos com sua fantasia de vampiro, na frente de casa, mas ninguém viu quando a menina se afastou, ou o momento em que ela desapareceu.

Emily era uma menina sorridente, na foto, com seu cabelo loiro, seus olhos azuis e suas sardas nas bochechas.

O caso Emily tomou boa parte da midia e da comoção publica, fotos circulavam no facebook, no twitter e em outros canais, pessoas faziam víligia nas igrejas, mas com o passar dos dias, e com Sandy tão próximo, Emily foi tomando o esquecimento.

Três dias após Sandy passar. A vida começa a voltar ao normal, para a maioria.

Rosenrot
Usuário
Usuário

Mensagens : 214
Data de inscrição : 06/07/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum