O Trono das Sombras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Trono das Sombras

Mensagem por 25Slash7 em Ter Set 21 2010, 11:10

Algo que comecei a escrever num momento de ócio.
Ainda está em construção e nem sei se irei continuar, maaas...
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Trono das Sombras

Mensagem por 25Slash7 em Ter Set 21 2010, 11:10

Nós agimos na escuridão, para servimos a luz

- Ah, você acordou...

A imagem era estranha. Caído, nu, o corpo coberto por gravuras que remetiam ao rumo inexorável e ininterruptível do destino. A tatuagem era quase viva, dando a impressão que respirava um ar diferente daquele que a carregava.

- Hah, não me olhe deste jeito. Parece que já se esqueceu que você foi Escolhido. Vamos, levante-se e vamos dar uma volta.

Era novo. Provavelmente pelos seus dezessete, dezoito anos. O corpo, contudo, revelava a imagem de alguém que fora obrigado a levar uma vida que testou os seus limites físicos. Pequenas cicatrizes pareciam apenas adornos à sua estrutura.

Ergueu-se. Ainda estava meio tonto, meio perdido. Pensou em seguir o seu mentor, mas deteve-se. Suas mãos gesticularam e sua face enrubesceu. Estava, afinal, nu.

- Ara, não seja uma criança. Vamos, não temos tempo.

Com as mãos, protegeu a genitália e, apressado, passou a seguir a misteriosa imagem, cuja voz parecia tão familiar, mas que os traços, ocultos por panos e mais panos de tecido enegrecido, eram simplesmente indecifráveis.


Última edição por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 18:30, editado 1 vez(es)
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Trono das Sombras

Mensagem por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 18:24

Prólogo


Faz muito tempo desde que eu vi, pela última vez, este salão tão cheio.

...

É. Eu acho que seria seguro dizer que vocês... vocês são os Scions mais promissores que nós temos andando por estes corredores sagrados.

Eu tive o prazer, como responsável pela Iniciação da maioria de vocês, de ter recepcionado, ou ter visto ser recepcionado, 6 Escolhidos do Sol Invictus e sua glória. Destes 6, meus ombros suportam a perda de apenas 1 destes.

Ainda temos a presença de 2 Escolhidos da Multi Facetada, cuja sabedoria os trouxe devolta do estado bárbaro além da Wyld e cuja glória prateada recaí sobre nosso trono de escuridão.

Além disto, 83 netos da Grande Mãe Gaia, filhos dos Dragões Imaculados. Orgulhosos Herdeiros da Criação que preenchem as fileiras sob o júbilo dos Escolhidos do Sol.

E tudo isto, todas estas almas, todos estes destinos preenchem o céu estrelado da Criação.

A muito, muito tempo atrás, a Criação foi governada pelos Deuses Reis que enfrentaram ninguém menos do que as forças primordiais que criaram o Universo.

E ah, entendam, tal feito não fora sem preço.

No eterno ciclo do renascimento, os Escolhidos enfrentaram e lutaram poderes superiores. E, quando venceram, venceram porque esta era a sua vontade.

Naqueles dias, o céu fora rasgado em pedaços para que um novo amanhecer pudesse ser visto novamente.

Este mesmo céu que hoje suporta milhares de estrelas.

Vocês são os mais formidáveis que caminharam por estes corredores.

Quando a Usurpação ocorreu, quando os Reis da Primeira Era cairam, a escuridão debruçou-se sobre o destino dos homens.

Entendam, que tudo isto estava assegurado, previsto, ainda que desacreditado.

Contudo, atente-se que o poder dos 300 reis que governaram a Primeira Era, a Era dos Sonhos, era elevado demais para ser contido, mantido no esquecimento que , na ignorância que a usurpação trouxe.

E é aí, caros e fiéis companheiros, que vocês entram.

O mundo mudou, a roda da Criação girou novamente e novos tempos se aproximaram. Os Escolhidos retornam.

Vocês conseguem compreender a importância que tais constatações acarretam?

O que quero dizer, caros Senhores, é que em pouco tempo, talvez, a Criação poderá ter se tornado irreconhecível.

E é isto, é isto que nós nos preparamos.

Sob o céu da Criação, nós, poucos escolhidos, poucos conscientes, nos preparamos para o tempo de trevas que antecederá a chegada da Era dos Sonhos.

Nós, que vivemos na escuridão, preparamos o caminho para o renascimento da Deliberativa Solar.

E nós, meus caros irmãos, queridíssimos senhores... nós, que respiramos o ar primordial e olhamos além do destino, nós guiaremos a Criação em direção a uma nova era.

...Nós.



Última edição por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 18:30, editado 1 vez(es)
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Trono das Sombras

Mensagem por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 18:28

O Trono das Sombras

- A cada vez que um homem nasce, nasce, com ele, uma estrela nos céu da Criação.

As águas batiam contra a praia. O Sol ainda não havia nascido e ninguém, além dos dois, parados sobre o cais, era vistos por todo o campo que a visão era capaz de alcançar.

- Isso também se aplica ao céu dos mortos. Ao céu dos demônios. E cada outro céu que se estender e que nós desconhecemos.

A imagem virou-se para o rapaz de olhar assustado, que tanto se esforçava em cobrir a sua vergonha. Pela fresta onde estavam os olhos, o rapaz jurou ter visto a expressão de um sorriso.

- Algumas destas estrelas... e veja bem, apenas as estrelas mais brilhantes, as vezes ocultam o brilho de todas as outras. Estas estrelas de poder...

Fez uma pausa, puxando o ar para os pulmões velhos, buscando algum fôlego antes de continuar. Era sempre assim, sempre que mais alguém se unia à escuridão, ele sentia aquele fervor percorrer o seu corpo, como se fosse ele no lugar do jovem. Como se fosse ele ouvindo aquelas palavras sobre o Destino não apenas da Criação, mas da própria existência Primordial de tudo que envolve o universo.

Ter aquele destino em suas mãos era...

- Nós levamos estas estrelas desvirtuadas de volta para a escuridão.

“Por que?” ele perguntou. “Por que apagar as estrelas mais brilhantes?”. Na sua jovialidade, ele não compreendia. “Se iluminam o céu... por quê?”.

- Nada é verdadeiro. Tudo é permitido.


Última edição por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 18:29, editado 1 vez(es)
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Trono das Sombras

Mensagem por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 18:29

Escuridão cobre tudo o que eu vejo e tudo o que eu toco
Não há sentimento de dor, apenas miséria
Minha mão perde a força sobre a espada que empunho
e eu me viro para tornar-me uma verdadeira sombra
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Trono das Sombras

Mensagem por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 18:31

A Crença


- Vê todas estas pessoas? Sim. Foque-se. Concentre-se. Feche teus olhos e olhe além, não apenas seus rostos, não apenas suas rotinas. Veja além, veja os destinos que cada um deles carrega.

Parado sobre o telhado de uma casa qualquer de Nexus, o rapaz, que agora trajava vestes tão negras como a noite, envolto em tiras de couro que serviam para prender o tecido e impedir de diminuir a sua mobilidade.

- Teu alvo está entre eles. Me diga o que vê.

Eu posso matar todos e fugir...”

- Não, você não pode. Você é um assassino, não um homicida. Tua lâmina apenas tocará aqueles que tentam tirá-lo da escuridão. Tua lâmina apenas tocará aqueles cuja luz iluminam com sombras o destino da Criação.

- O.Que.Você.Vê?

Fechou os olhos. Tentou fazer como haviam lhe dito antes. Tentou compreender as linhas do destino que envolvem toda e cada coisa. Tentou ver o brilho que aquela multidão causava sobre o Tear do Destino. Tentou enxergar...

E enxergou.

Um deles e apenas um deles era o seu alvo. Apenas aquele cujo destino lançava sombra sobre os outros. Apenas um deles, cujo futuro seria escravizar um pequeno grupo de semi-humanos. E, com isso, impedir o nascimento daquele que, futuramente, se uniria ao trono das Sombras.

- Enxergue o destino. Proteja o destino.

E se preparou. Puxou uma adaga entre as cinco que estavam presas ao seu peito e mirou.

- Não. Matá-lo aqui irá atrair a atenção da Guilda. Nunca comprometa a Escuridão. Permaneça na Escuridão.

Então, ele aguardou. Aguardou porque estava no céu da Criação que aquele homem, aquela figura de poder entre os mortais, morreria pela sua mão. E apenas a tua. Mas não seria agora, seria quando ele estivesse sozinho, longe do olhar dos inocentes, que eram incapazes de compreender a imensidão, pois sua visão ficava ofuscada frente a luz em seus olhos.
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Trono das Sombras

Mensagem por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 18:32

O Dilema

O homem estava caído em sua cama. Havia sangue espirrando de um buraco em seu peito.

Se matá-lo... o que será do futuro das pessoas que ele toca? Não estarei matando outros destinos? Não sou, afinal, um homicida?”

- Nada é verdadeiro. Tudo é permitido

Como devemos agir ou o que é verdadeiro... tudo o que ele pensar em fazer é perfeitamente possível.

- Mate-o. E então respeite a sua vida.

E ele o fez.
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Trono das Sombras

Mensagem por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 22:07

A Iniciação


Ok, ok. Silêncio todos. Eu não tenho muito tempo e nem paciência para lidar com imbecilidades. E é, eu não me importo se vocês estão matando deuses para proteger o mundo. O que me interessam é que estejam preparado, mesmo que isto signifique ter de enfiar uma espada no rabo de cada um. Agora se sentem.

Eu sou A Adaga do Norte e minha função é dizer a vocês, pequenos e mimados imbecis, algumas palavrinhas sobre a sua condição.

Primeiro: Sim, há outros como vocês por aí. Alguns com brilhinhos dourados, alguns com brilhinhos prateados e um monte com brilhinhos coloridos. Isso não quer dizer que vocês são amigos. Afinal, lembrem-se. Vocês matam os líderes alheios. E pode ser que no norte, algum imbecil dourado resolva causar um caos que nós não prevemos. Se isso acontecer, adivinhem quem vai lá fazer uma visita? Pois é.

Se se sentirem confiantes, relacionem-se com teus semelhantes. Mas jamais, em hipótese alguma, diga qual é o teu destino sob o Céu da Criação.

Segundo: Quando nós arrancamos as suas roupas e passamos quatro dias fazendo desenhos em vocês, nós não estamos fazendo isso porque somos alguma espécie de pervertido. Sim, sim, eu sei, vocês não se lembram de porra nenhuma, mas não pensem que fizemos alguma coisa que envolvam a suas respectivas sexualidade. Durante estes quatro dias vocês entraram em comunhão com um Daeva. Sim, um dia, algum cara espertinho vai lhe explicar o que são os Daevas, mas, por enquanto, apenas saibam que eles são os Demônios em sua forma mais pura.

Não, isso não quer dizer que eles são mais bonzinhos. Pelo contrário, eles podem ser mais caóticos. Quando a tatuagem, e a comunhão, terminam, vocês terão se tornado um e, aos poucos, a mente do Daeva irá se fundir a de vocês. Nós desconhecemos todo o potencial que isto implica, mas, dependendo da sincronia, eles poderão desde alertá-los da presença de demônios até forçar a própria energia deles no mundo físico.

As vezes... as vezes é uma porta de comunicação... tomem cuidado, pequenos imbecis.

Terceiro: Nós não somos apenas um clube de veraneio. Nós temos regras. E elas envolvem não matar inocentes. Com esses demônios “puros” no corpo é bem fácil perder o controle e se entregar aos instintos é um destes modos. Espera-se que comportem-se como os guerreiros sagrados e líderes que são. Respeitem os mortais que andam entre nós.

Quarto: Treinem. Não se espera menos do que a excelência aqui. Todos, incluindo os mortais, aprendem artes marciais. Primeiro porque isto os ajudará a permanecer vivo. Segundo porque ajudará a focar a mente e a força em direção a perfeição. Todos, também, deverão, eventualmente, aprender Feitiçaria. Portanto, preparem estes traseiros.

Quinto: Sigam a Crença e não se esqueçam das promessas.

Sexto: Lembrem-se: A Criação as pertence. E se algo der errado, pegue-á pelas bolas e aperte até a maldita chorar!

Muito bem, isto é o que precisam saber por agora. Vocês são apenas Iniciados. Quando o momento chegar, um teste será aplicado e, aos poucos, vocês subirão na hierarquia.

Estão dispensados.
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Trono das Sombras

Mensagem por 25Slash7 em Qui Set 23 2010, 22:27

A Promessa da Espada:
A Gloriosa Primeira Era Irá Cair e a Criação tornar-se-á Corrupta.
Tudo tem um fim...

A Promessa da Pena:
A Criação Seguirá em Frente
Tudo tem um reinício...

A Promessa da Escuridão:
Os Deuses se Esquecerão da Criação
Tudo se adapta...

A Promessa do Punhal:
A Escuridão não se Esquecerá da Criação
Tudo esmorece...

A Promessa do Firmamento:
As Estrelas Guiarão a Criação a uma nova Era de Glória
Tudo é permitido.
avatar
25Slash7
Administrador
Administrador

Zodíaco : Peixes

Mensagens : 692
Data de inscrição : 09/07/2009
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Trono das Sombras

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum